Receita lança ‘rascunho’ para declaração de 2015

Receita lança ‘rascunho’ para declaração de 2015

A Receita Federal lançou ontem um programa que permitirá ao contribuinte preencher, ao longo do ano, a declaração do Imposto de Renda  Receita-lança-rascunho-para-facilitar-declaração-do-Imposto-de-RendaPessoa Física do ano seguinte. O aplicativo, chamado “Rascunho IRPF”, servirá para adiantar o preenchimento de diversos dados da declaração anual, como informações de venda de carros, valores de consultas médicas, rendimentos de trabalhador liberal.
O aplicativo, que pode ser usado em computadores, tablets e smartphones, está disponível para download a partir de hoje. Será necessário cadastrar uma senha para usar o programa e, a partir disso, acessar o rascunho por meio desses diferentes dispositivos. “Agora, o contribuinte pode organizar dados de pagamentos e rendimentos ao longo do ano e, quando for preencher a declaração, importar o rascunho da declaração e fazer a finalização para transmitir a declaração”, explicou o subsecretário de Arrecadação e Atendimento da Receita Federal, Carlos Roberto Occaso.
Embora o preenchimento seja on-line, e em uma plataforma do governo, a Receita Federal garante que as informações do “Rascunho IRPF” não serão usadas pelo governo. “Os dados do contribuinte que serão usados pela Receita são os da declaração final”, disse Occaso. “Queremos facilitar para que os dados estejam no formato para serem recuperados na forma da declaração que será enviada no ano seguinte”.
O programa ficará disponível até 28 de fevereiro de 2015 e, a partir de 1º de março do próximo ano, o contribuinte encontrará a opção de importar o rascunho para a versão final da declaração do Imposto de Renda. Podem ser registrados dados sobre os chamados fatos ocorridos de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2014. Segundo o governo, os campos de preenchimento no rascunho são idênticos aos exigidos no formulário final da declaração. Por meio do mesmo aplicativo, será possível acompanhar processamento da declaração e fazer a declaração.
A Receita não tem estimativa sobre quantos contribuintes devem utilizar o aplicativo, mas acredita que o programa acelerará o processo de preenchimento. A opção está disponível para todos os contribuintes que declaram Imposto de Renda.
Fonte: Folha de Londrina